Seis casais recebem as bênçãos de Deus em casamento comunitário

Nesta sexta-feira, 27, seis casais disseram SIM diante de Deus e da assembleia na matriz de São Jorge. Em uma cerimônia presidida por frei Rogério Correia TOR, Afrânio e Ana Lúcia, Ailton e Maria Keliane, Amauri e Maria Jercilene, David e Hellen, Joel e Karla e Rubem Ivan e Francisca oficializaram seus votos matrimoniais.

Acompanhados por familiares e amigos, os casais escutaram atentamente à leitura do Evangelho de São João que fala sobre o casamento em Caná da Galileia em que veio a faltar vinho e Maria, a Mãe de Jesus, pediu para que Ele realizasse o primeiro milagre. Foi nas bodas de Caná que tiveram início os sinais de Jesus, a manifestação de Sua glória e os discípulos creram nEle.

Conforme frei Rogério, os casais confirmaram o amor que já existe ao buscarem e receberem a bênção do sacramento do matrimônio e, além disso se abriram para a graça de Deus. O celebrante conclamou os casais a assumirem a graça do matrimônio, a se abrirem à presença de Jesus Cristo na vida do casal e da família e a confiar no auxílio da Virgem Maria em todos os momentos.

“Não há de faltar o necessário para a vida do casal que abraça e assume a graça do matrimônio, tendo a presença de Jesus a confiança no auxílio de Maria. Vocês estão aqui porque confiaram no amor que já existe entre vocês e trago essa leitura para que continuem querendo e desejando que a presença de Deus seja constante na vida de vocês”, falou em sua homilia.

Frei Rogério continuo pedindo para que os casais busquem e permitam que Jesus se faça presente na vida do casal, que continuem cuidando um do outro, zelando um pelo outro e ressaltou que o amor é muito mais que um sentimento, é uma atitude que precisa ser reafirmada todos os dias.

Casais

Afrânio e Ana Lúcia foram um dos casais que reafirmaram a união após três anos de convívio marital. Casal de segunda união, eles disseram que somente agora, na maturidade, encontraram um no outro o companheiro com quem querem viver até o fim de suas vidas. Segundo, Afrânio outra razão foi o fato de já serem casados no civil, mas ainda não terem a benção de Deus.

“Nós conversamos e entendemos que era preciso oficializar diante de Deus também e por isso estamos aqui. É uma noite muito feliz para nós. Nossa família, filhos e netos estão aqui celebrando conosco. Só podemos agradecer a Deus por isso”, disse Afrânio.

Quem também era só sorrisos, gratidão e alívio por ter oficializado a união de 13 anos diante de Deus foi o casal Ailton e Maria Keliane. Eles fizeram o 28º Encontro de Casais com Cristo (ECC) da Paróquia São Jorge e se sentiram ainda mais motivados a receber a bênção.

De acordo com Keliane, há muitos anos eles tinham o desejo de oficializar o relacionamento na igreja, no entanto, foi no ECC que esse desejo aumentou e a participação na Pastoral Familiar, onde são membros, foi determinante para que esse momento acontecesse.

“Nós fizemos o ECC, nos engajamos na igreja, participamos da Pastoral Familiar e hoje estamos recebendo essa graça. Para nós é um momento de muita felicidade”, disse Keliane. Já Ailton falou se tratar também de um momento de alívio. “Me sinto aliviado, em paz e com a certeza de que fizemos o que Deus queria de nós. É um momento maravilhoso, de muita alegria”, confirmou.

Por Michele Gouvêa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *