Trinta e oito crianças recebem o Sacramento da Eucaristia

Na manhã do último domingo, 6, na igreja matriz de São Jorge, 38 crianças receberam o Sacramento da Eucaristia, o Pão que se torna o Corpo de Cristo no altar. Antes da celebração, as crianças se concentraram no lado externo da igreja, todas com vestimentas de coroinhas e ansiosas para o grande momento. E na procissão de entrada foram as primeiras a adentrar pelo corredor central, ocupando seus respectivos lugares, especialmente, reservados.

Participaram da celebração crianças das comunidades São Jorge, Santa’Ana e Capela Nosso Senhor Jesus Cristo. Foi um momento especial, após dois anos de preparação para receber o Corpo de Cristo, o verdadeiro pão de nossa vida.

A catequese e a preparação para comungar Jesus na hóstia consagrada acontecia também em cada palavra da homilia, após a proclamação do Evangelho. E quando foi chegada a hora, todos foram até o altar, de dois em dois, para finalmente ter o contato mais forte com o Cristo ressuscitado.

Após as crianças e todos da assembleia comungarem, o celebrante, frei Rogério TOR deu a orientação de que o importante a fazer após receber a comunhão é o silêncio e permanecer em oração, meditando, tendo uma conversa mais profunda com Deus, com Jesus. Ao final da celebração, as crianças receberam uma chuva de bênçãos com a aspersão da água benta.

Segundo Inês Carvalho, coordenadora da catequese da igreja Matriz São Jorge, o ideal é que a criança inicie sua preparação aos 9 anos de idade e receba o sacramento da comunhão com 11 anos, mas de acordo com a coordenadora, é comum a chegada de crianças com 12 e 13 anos “Tem uma mistura de idade na catequese e mesmo que a pessoa ainda não tenha feito a comunhão, dentro dessa faixa etária inicial, ela pode fazer a catequese de adultos, que funciona aos sábados na comunidade São Jorge” explicou.

Alex Cardoso, da Comunidade Santa’Ana, ficou muito orgulhoso e emocionado ao ver a filha Ana Clara receber, pela primeira vez, a Santa Eucaristia “É uma caminhada que é feita como família e que não finaliza aqui, ao contrário, que inicia toda a trajetória dela como cristã, no trabalho em comunidade”, afirmou ele.

A menina, de 10 anos, estava satisfeita e repleta de expectativas quanto sua vida com Deus. “Hoje eu comunguei o Pão de Cristo, minha caminhada na igreja vai seguir como antes, só que mais forte”, afirmou Ana Clara, que participa da equipe de canto e que espera ser coroinha brevemente.

Frei Rogério, explicou que é um momento especial na vida das crianças que fazem seu primeiro contato com Jesus, depois de uma longa caminhada de preparação e, que esse convite do encontro com o filho de Deus os transformará se houver a prática diário do convívio com Deus. “Desejamos que essas crianças sejam perseverantes na vida de fé, busquem cada vez mais receber Jesus na Eucaristia e agir como o filho de Deus”, orientou.

Ele também alertou quanto a fundamental participação da família na vida das crianças a partir deste dia. “É importante que os pais continuem dando exemplo. Incentivando as crianças a virem a missa, a continuarem na perseverança, pois se não tiver o apoio dos pais não há como a criança seguir em frente na caminhada. A família é a base da perseverança na vida de fé”, finalizou.

Por Hedre José

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *