Jovens e adultos recebem Símbolo Apostólico e fortalecem a missão de seguir Jesus

“A iniciação cristã é um desafio que devemos encarar com decisão, com coragem e criatividade, visto que em muitas partes a iniciação cristã tem sido pobre e fragmentada. Ou educamos na fé, colocando as pessoas realmente em contato com Jesus Cristo e convidando-as para seu seguimento, ou não cumprimos nossa missão evangelizadora”, já afirma o documento base da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), inicialmente aprovando pela 43ª Assembleia de 2005 o documento Diretório Nacional de Catequese que já refletia este tema (cf. DNC, n. 35-36; 45-50).

Nele, está explicitado que a catequese não é uma supérflua introdução na fé, um verniz ou um cursinho de admissão à Igreja. É um processo exigente, um itinerário prolongado de preparação e compreensão vital, de acolhimento dos grandes segredos da fé (mistérios), da vida nova revelada em Cristo Jesus e celebrada na liturgia (…); implica um longo processo vital de introdução dos cristãos ainda não plenamente iniciados, seja qual for a sua idade, nos diversos aspectos essenciais da fé cristã.

Trata, de forma sistemática, de um todo elementar e coerente, que forneça base sólida para a caminhada ‘rumo à maturidade em Cristo’ (CNBB, Diretório Nacional de Catequese, nº. 37 e 38, p. 39). A catequese de iniciação à vida cristã, vital para a Igreja particular, visa uma formação integral, um processo em que esteja presente a dimensão celebrativo – litúrgica da fé, a conversão para atitudes e comportamentos cristãos e o ensino da doutrina.

E, neste sábado, 10, na igreja matriz de São Jorge, cerca de 40 catecúmenos participaram da celebração de entrega do símbolo apostólico, que é o Credo. A entrega do símbolo foi feita, como recomendado no documento da CNBB, após a homilia que, nesta celebração foi proferida por frei Rogério Corrêa, presidente da celebração.

Em sua homilia, frei Rogério explanou, sobretudo, tomando como base o Evangelho de Mc 1, 40-45, que relata o comportamento de Jesus quando da chegada de um leproso perto dEle e que, 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero: fica curado!”. 42No mesmo instante a lepra desapareceu e ele ficou curado.

“Nós, em nossa caminhada diária, somos chamados a ser como Jesus, a ter compaixão e amor pelos leprosos deste mundo. E quando Jesus se refere aos leprosos, Ele não fala apenas de pessoas que naquele tempo eram excluídas do convívio social por terem algum tipo de doença visível, mas nos fala das lepras que trazemos dentro de nós. A lepra do egoísmo, da falta de perdão, do orgulho, de compaixão e de amor ao próximo. Precisamos estender a mão, assim como fez Jesus, e acolher o nosso irmão”, afirmou.

Após a homilia, frei Rogério chamou para frente do altar de Cristo os catecúmenos e fez a entrega do Símbolo Apostólico. De joelhos, eles receberam o Credo e, em seguida foram aspergidos com água benta. Dentre os catecúmenos que estão participando da Iniciação à Vida Cristã (IVC) com adultos da Paróquia São Jorge está o casal Fábio Trindade e Ketty Lopes.

Eles, que já participaram do Encontro de Casais com Cristo (ECC) e compõem a Pastoral Cirineu foram tocados pelo Espírito Santo e sentiram a necessidade de reforçar a caminhada de fé, por meio do sacramento do Crisma.

Conforme Ketty, foi o filho de 12 anos que os fez passar a frequentar a igreja, já que o casal o levava para a catequese e, sem perceber, eles já estavam participando de outras caminhadas cristãs, até que receberam o convite para participar do ECC, depois do Cirineu e isso os foi fortalecendo.

“Somos casados há 17 anos, possuímos os outros sacramentos, mas nos faltava o Crisma e, com a caminhada de fé que estamos fazendo, sentimos essa necessidade e estamos fazendo a formação. Além de nós dois, minha irmã, uma prima e uma cunhada também estão fazendo o IVC com adultos aqui em São Jorge e, para nós, isso também é motivo de muita alegria”, disse Ketty.

Por Michele Gouvêa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *