Advento: preparação para a chegada do Menino Deus

Por Hedre José

No calendário civil o ano se encerra apenas no último dia dezembro, onde costumamos comemorar o novo ano que chega, depositando expectativas de vida e desejos desse novo tempo. No entanto, para a Igreja Católica um novo tempo se inicia muito antes de toda essa festividade, para nós católicos esta graça de fé inicia após o último domingo do Tempo Comum, com o “Advento”.

O Advento é um período de alegria, mas sobretudo de reflexão e fé, pois nos preparamos para celebrar, reviver o nascimento, a vinda de Cristo ao mundo por meio de Maria, que deu seu SIM a Deus, recebendo a missão de ser a mãe do Salvador. – Então Maria disse: “Minha alma proclama a grandeza do Senhor, meu espírito se alegra em Deus meu salvador, porque olhou para a humilhação de sua serva. Doravante todas as gerações me felicitarão, porque o Todo-poderoso realizou grandes obras em meu favor: seu nome é santo…” (Lc – 1; 46).

O Advento é pertencente ao ciclo do Natal. Em todo este período nos preparamos para as duas vindas de Cristo: O Natal e a Parusia. A primeira celebramos a chegada já professada desde o Antigo Testamento. A Parusia significa a segunda vinda de Cristo em toda sua Glória.

São semanas que lembram o espírito vivido na Quaresma até a Páscoa, com cânticos e contexto sereno, mais um momento que nossa reflexão nos leva a pensar em nossas ações sinceras com o Senhor, olhar dentro dos nossos corações nos pondo em avaliação. O Advento como a própria palavra diz é a espera para a chegada do Salvador e devemos receber este dia limpos em nossas mentes e almas, confiantes de que tudo podemos se estivermos unidos a Cristo, se nos entregarmos à missão do reino.

Coroa do Advento

Este período que abre o novo calendário católico tem quatro semanas no qual a abertura do primeiro domingo acontece com a apresentação da “Coroa do Advento”. Ela é confeccionada com ramos, acompanhada de quatro velas, cada uma com cor diferente que são: verde, roxa, branca e vermelha. Nas quatro semanas estas velas são acesas nas celebrações.

Ramos Verdes

Os ramos verdes lembram as bênçãos que sobre os homens foram derramadas por Nosso Senhor Jesus Cristo, em sua primeira vinda entre nós e que, agora, com uma esperança renovada, aguardamos a sua consumação, na segunda e definitiva volta dele.

As Velas

As quatro velas que são acesas nas quatro semanas do Advento simbolizam a nossa fé e nos levam à oração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *