Aparição de Nossa Senhora de Fátima é celebrada no ano do centenário

Por Martha Araújo

No dia 13 de maio comemora-se o dia da aparição de Nossa Senhora de Fátima aos três pastores: Francisco, Lúcia e Jacinta, aparições que se repetiram durante os cinco meses seguintes, sendo que em 13 de outubro identificou -se como a “senhora do Rosário”. Essas aparições foram precedidas e seguidas por outros fenômenos relatados por Lúcia a partir de 1935, em quatro manuscritos conhecidos por Memórias I, II, III, IV.  E neste ano 2017, comemora-se seu centenário.

A paróquia de São Jorge celebrou, juntamente com sua Comunidade Eclesial de Base (CEB) Nossa Senhora de Fátima com a primeira Procissão das Luzes, onde os fiéis levaram velas que mantiveram-se acesas durante toda a procissão, como um ato de fé. A procissão saiu as 18h da rua Boa Esperança, passando pelas ruas Ademar de Barros, Brasil, Arthur Reis e Ajuricaba, retornando para a rua Boa Esperança, onde iniciou-se a missa campal, presidida pelo frei Rogério Souza Correia Tor.

Nas atividades da celebração houve homenagem à Nossa Senhora e a entrada da Palavra, sendo encenada a aparição. Com um ato de consagração a Nossa Senhora de Fátima, de alguns fiéis da comunidade, no final da celebração. Após a missa, houve um lanche partilhado e sorteio de brindes. O coordenador da comunidade, Rosivaldo Cordovil, agradeceu a todas as comunidades que ajudaram e que com a graça de Deus tornaram possível realizar o evento.

Frei Rogério declarou que a festa Mariana reconhece que Nossa Senhora pede para rezar pelo mundo. E hoje juntos com a CEB dando continuidade a tradição da procissão das velas. ” Com Maria somos chamados a sermos luz em Cristo, aqui na Terra, e celebrar Nossa Senhora é celebrar Cristo que é o Único Caminho para Deus”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *