Encenação da Paixão de Cristo emociona fiéis

Após a Via-Sacra muitos fiéis seguiram para o ginásio Nininberg Guerra para prestigiar a encenação da Paixão de Cristo, realizada desde 1999 pela Paróquia São Jorge, durante Sexta-feira da Paixão. Produzido pela comunidade de São Francisco de Assis, com o apoio de outras comunidades como a de Santa Clara de Assis e do Perpétuo Socorro, o espetáculo conta ainda com a participação dos grupos teatrais Vida e Fé e Maranatha. São eles que preparam toda a estrutura da peça, as vestimentas e acessórios para todos os mais de 70 personagens.

Como nos anos anteriores, a encenação da Paixão de Cristo emocionou ao público, que pode contemplar momentos da vida de Jesus entre nós, desde o momento em que Maria recebeu a visita do anjo que anunciou que ela iria gerar o Filho do Homem, passando pelas incertezas de José, a visita de Maria a sua prima Isabel e o batismo de Jesus Cristo por João Batista. Os espectadores, cerca de três mil, viram ainda passagens como Jesus no deserto, quando foi tentado por Satanás e, após isso quando foi consolado por anjos de Deus. Se emocionaram com a instituição da Eucaristia e assistiram a Judas entregar Jesus aos seus algozes em troca de 30 moedas de prata e Pedro negar Jesus.

Foi com entusiasmo e revolta que o público viu Herodes tripudiar sobre Jesus, Pilatos libertar Barrabás e condenar Jesus, mesmo sem ele ter cometido qualquer crime, e ainda os soldados baterem e cuspirem no Filho do Homem. Crucificado, Jesus deu a maior prova de amor à humanidade. Descido da cruz, foi Maria quem deu prova de amor e dor por ver que tudo estava consumado. O ponto alto, como não poderia deixar de ser, foi quando Jesus deixou o sepulcro, ressuscitou e convidou todos à evangelização. Dando continuidade à Semana Santa, neste sábado, às 20h, haverá a Vigília Pascal e o batismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *